Pare de rotular as pessoas!

Não gosto de expor todas as minhas opiniões porque quem não sabe lidar com diferenças acaba deixando de lado uma amizade por não saber ouvir quem pensa diferente.

Além do mais, o que mais se vê é quem posta todo dia críticas nada construtivas a ninguém, apenas textos e alegações sobre ódio ou menosprezando os outros, não edificando em nada a vida de ninguém tampouco sendo um bom influenciador.

Já dizia Dale Carnegie que a melhor maneira de vencer uma discussão é ficar calado, ou seja, não iniciando uma discussão, uma luta. É uma ideia sensacional! Mas há um único ponto de que preciso discordar: que a palavra discussão não significa só conflito, ela significa exatamente colocar as partes das ideias na mesa e colher aquilo de bom que foi extraído da essência dos pensamentos e argumentos, sem ter ofendido a ninguém.

Às vezes é preciso se expressar e esperar que as pessoas tirem algo de bom daquilo, mesmo sabendo que eventualmente será difícil.

Dito isto, preciso esclarecer uma coisa: não tenho opinião formada pra tudo! E nossa, que desespero é esse pra achar que antes dos 50 anos você precisa ter toda a verdade na ponta da língua enquanto a vida inteira é um aprendizado?

As pessoas acham que sou esquerdista porque sou contra o armamento liberado pra qualquer um; que sou de direita porque já fui militar e defendo a valorização desta carreira; que sou coxinha, ou rico – oh, inocência -, porque sou médico; machista por gostar de Pablo Neruda ou – pasmem! – por ser homem; conservador por ser cristão; liberal por defender o direito de escolha das mulheres e respeito aos LGBTI; comunista por defender alguns programas sociais e o SUS gratuito; sem noção por querer valorização do pequeno empreendedor, mercenário capitalista por defender a ampla concorrência e tentar entender mais sobre economia ou pelo menos sobre o dinheiro; ingênuo por adiar a residência e querer aproveitar a vida; sonhador por querer ser escritor.

Sou só alguém que procura a cada dia entender por mim mesmo mais sobre o mundo e que tenta ter bom senso.

Parem de dar rótulos aos outros sem conhecer, sem ouvir a opinião, e de ser mente pequena por se fechar a algumas ideias e achar que todas são absolutas. A vida é um constante aprendizado.

Que nossas diferenças construam um mundo heterogêneo e pluricultural.
Que saibamos que podemos não ter opinião sobre tudo, mas que é preciso estar em constante interesse pelo conhecimento e que o ódio não gaste nosso tempo, porque ele já é curto demais pra ficarmos desprezando os outros ao invés de amar aqueles que nos cercam.

bottle-3673761_1280

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Anúncios
Follow Escrito Por André Basualto on WordPress.com
Anúncios
%d blogueiros gostam disto: