Mãe

Existo porque me deste à luz,
Da vida e do saber essa luz
Cuidaste de mim desde então

Contava-me histórias e ouvia as minhas
Via meus rabiscos e minhas notas,
Das piadas sem graça ria

De cada paixão soubeste
Confidente pois era em todo momento meu
Na angústia minha guia,
Na tormenta meu anjo em oração,
Em todo momento dádiva de Deus

Sonho alto porque me permitiste sonhar,
Ouso porque já me desafiaste,
Amo-te porque sempre me amaste.

Categorias:Poesias

Marcado como:, , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Anúncios
Follow Escrito Por André Basualto on WordPress.com
Anúncios
%d blogueiros gostam disto: